CQP 004 – Ao trabalho!

Enfim de volta! Depois de muita dificuldade, Petterson Amós Sima, Tiago Koyano e… Talita Koyano (de novo?) dão início à uma série sobre Os Profetas Menores do antigo testamento, começando por Ageu. Mas chega de blá blá blá e pegue seu martelo e serrote!

Texto bíblico base: Livro de Ageu

Nesse episódio:

  • Esse povo sabe do que está falando? É Ciro ou Dario? Ageu ou Amós?
  • Qual tem sido a prioridade de nossa vida?

Download 1

Download 2 (clique com o botão direito e “Salvar link como…”)

Anúncios

Uma opinião sobre “CQP 004 – Ao trabalho!”

  1. Meus pitacos:

    É bem vindo o retorno!
    E a tranquilidade em discorrer assunto está boa…
    Ela ajuda até quando dão os vacilos e se saem bem.

    Agora: O cachorro invadir o studio aos 3:45 e retornar aos 23:30 ninguém merece!!!!

    Os comentários da Thalita (Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh)… Peça-a para preparar um saquê gospel… Hauhauhauhauhauahuauah

    Vamos ao assunto em tema: (Profetas Miúdos).
    Podiam ter escolhido um assuntinho mais atraente!
    Se nem os profetas graúdos estão em pauta, quem vai querer saber dos profetas anões?

    A Pérsia quando dominou a Babilônia, gradativamente deu liberdade a todos os povos que haviam sido conquistados e levados cativos. Os judeus foram “mais um” dos favorecidos. Não careceu milagre ou algo parecido para isto.

    A reconstrução do Templo que recebeu o nome de Zorobabel (JEOZADAQUE KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK) foi tumultuosa porque os samaritanos e outros povos criaram impedimento, como encontramos a descrição nos livros de Esdras e Neemias. Precisou até de proteção militar para a reconstrução desde os muros.

    Do templo anterior (de Salomão) foram roubados pelos babilônicos aproximados 5400 itens de ouro e prata, que nunca mais foram devolvidos… Só não roubaram a Arca da Aliança, porque os massoretas a esconderam. E o “shekinah” foi-se com ela…

    Por isso, o lamento de que a “glória” do templo tinha se perdido…

    Ao mencionar que a “glória” seria maior : “A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o SENHOR dos Exércitos; e, neste lugar, darei a paz, diz o SENHOR dos Exércitos.” (Ageu 2.9), o profeta não está se referindo ao medíocre e paupérrimo templo que eles tiveram condição de reconstruir. Muito menos com o comentário que a igreja não precisa ser suntuosa (como disseram) e sim, que a presença de Deus é o mais importante…

    A menção é profética, de que aquele pobre templo (depois foi reformado com itens valiosos por Herodes) teria a maior das glórias: O PRÓPRIO DEUS SE FARIA PRESENTE NA PESSOA DE JESUS.

    Um abraço, meninos e menina…

    Continuem serrando e martelando…
    “Madeira”!!!!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s